Portal do Governo Brasileiro
2012 - Livro Vermelho 2013

Minaria bifurcata (Rapini) T.U.P.Konno & Rapini CR

Informações da avaliação de risco de extinção


Data: 17-02-2012

Criterio: B2ab(iii)

Avaliador:

Revisor: Tainan Messina

Analista(s) de Dados: CNCFlora

Analista(s) SIG: Marcelo

Especialista(s):


Justificativa

Espécie rara de subarbusto de Campos Rupestres do Planalto de Diamantina, no Estado de Minas Gerais. Tem distribuição restrita, com AOO de 4 km². Está sujeita a uma única situação de ameaça, o município de Diamantina. É conhecida apenas pelo material-tipo coletado na década de 1970. Expedições científicas nos últimos cinco anos não obtiveram êxito em reencontrá-la. É ameaçada pela perda de área e da qualidade do habitat em decorrência do histórico da ocupação da região por mineração, garimpo e pelo uso de práticas inadequadas de manejo de pastagens.

Taxonomia atual

Atenção: as informações de taxonomia atuais podem ser diferentes das da data da avaliação.

Nome válido: Minaria bifurcata (Rapini) T.U.P.Konno & Rapini;

Família: Apocynaceae

Sinônimos:

  • > Ditassa bifurcata ;

Mapa de ocorrência

- Ver metodologia

Informações sobre a espécie


Notas Taxonômicas

Subarbusto escabro. Folhas elípticas, diminutas (Rapini et al., 2009).

Distribuição

Minas Gerais (Koch; Rapini, 2011). Planta rara, conhecida apenas pelo material-tipo, coletado sobre solo pedregoso, no Planalto de Diamantina, no início da década de 1970 (Rapini et al., 2009). Foram feitas algumas expedições de coleta nos últimos cinco anos com o objetivo de reencontrá-la no campo, mas todas não obtiveram sucesso (Rapini, com. pess.).

Ecologia

Subarbusto ca. 30 cm alt. (Konno, 2005).

Ameaças

1.3.1 Mining
Severidade medium
Detalhes A região possui ocupação humana antiga voltada para a mineração (IBGE Cidades@, 2012).

Ações de conservação

1.2.2.2 National level
Situação: on going
Observações: Considerada "Deficiente de dados" (DD) pela Lista vermelha da flora do Brasil (MMA, 2008), anexo 2.

Referências

- KOCH, I.; RAPINI, A. Apocynaceae in Lista de Espécies da Flora do Brasil, Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponivel em: <http://floradobrasil.jbrj.gov.br/2011/FB004714>.

- RAPINI, A.; SILVA, R.F. DE S.; SAMPAIO, L.N.P.GIULIETTI, A. M.; RAPINI, A.; ANDRADE, M. J. G. DE; QUEIROZ, L. P. DE; SILVA, J. M. C. DA. Apocynaceae. Belo Horizonte, MG: Conservaçao Internacional; Univesidade Estadual de Feira de Santana, 2009.

- IBGE CIDADES@. Diamantina. Disponivel em: <http://www.ibge.gov.br/cidadesat/topwindow.htm?1>. Acesso em: 28 set 2012.

- KONNO, T. U. P. Sistemática e Filogenia do Gênero Minaria T.U.P.Konno & Rapini (Apocynaceae - Asclepiadoideae). Tese de Doutorado. São Paulo, SP: Universidade de São Paulo, 2005.

- MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE. Instrução Normativa n. 6, de 23 de setembro de 2008. Espécies da flora brasileira ameaçadas de extinção e com deficiência de dados, Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 24 set. 2008. Seção 1, p.75-83, 2008.

- RAPINI, A. Comunicação pessoal do especialista Alessandro Rapini para o analista de dados Eduardo Fernandez, pesquisador do CNCFlora, 2012.

Como citar

CNCFlora. Minaria bifurcata in Lista Vermelha da flora brasileira versão 2012.2 Centro Nacional de Conservação da Flora. Disponível em <http://cncflora.jbrj.gov.br/portal/pt-br/profile/Minaria bifurcata>. Acesso em .


Última edição por CNCFlora em 17/02/2012 - 13:11:59