Portal do Governo Brasileiro
2012 - Livro Vermelho 2013

Oxypetalum helios Farinaccio EN

Informações da avaliação de risco de extinção


Data: 04-02-2014

Criterio: B1ab(i,ii,iii)+2ab(i,ii,iii)

Avaliador: Rodrigo Amaro

Revisor: Luiz Santos

Analista(s) de Dados: Roberta Hering

Analista(s) SIG: Marcelo

Especialista(s): Alessandro Rapini


Justificativa

Espécie endêmica do estado de Minas Gerais (Koch et al., 2014), região da Serra da Canastra (Farinaccio, 2002; Rapini et al., 2009). Apresenta EOO de 121,3 km² e AOO de 12 km². Apesar de ocorrer no Parque Nacional da Serra da Canastra (MMA/ICMBio, 2005), suspeita-se que esteja sob influência da perda da qualidade do hábitat, além do constante declínio de EOO e AOO, em decorrência da presença de ameaças incidentes na região de ocorrência, como o ecoturismo, a pecuária, o aumento na frequência de incêndios e a invasão de espécies exóticas (MMA/ICMBio, 2005).

Taxonomia atual

Atenção: as informações de taxonomia atuais podem ser diferentes das da data da avaliação.

Nome válido: Oxypetalum helios Farinaccio;

Família: Apocynaceae

Mapa de ocorrência

- Ver metodologia

Informações sobre a espécie


Notas Taxonômicas

Espécie descrita em Novon 12(4): 447 (450; figs. 1, 3). 2002 (GCI), pode ser incluida no complexo O. Insigne (Decaisne) Malme, principalmente pelas características de habitat (lianas) e morfologia do polinarium, que possui o corpusculo laminar maior que o polínico (Farinaccio, 2002). Muito próxima de O. Glabrum (Decaisne) Malme. Ambas são esparsamente púberes, e compartilham de uma morfologia similar de folha e tamanho de flor, mas O. helios é facilmente distinguida das outras do complexo pelo segmento da corona tri-lobada, faltando um apêndice adaxial, e principalmente pelo ápice do ginostegio, que é filiforme e bifido no terço distal (Farinaccio, 2002).

Distribuição

Espécie endêmica do Brasil, ocorrendo no estado de Minas Gerais (Koch et al., 2013), no Parque Nacional da Serra da Canastra (Farinaccio, 2002), onde foi coletada em altitude de 1.396 m (J.A. Lombardi 1862).

Ecologia

Liana de ramos pubescentes, com folhas elípticas e tricomas ao longo das nervuras. Suas flores possuem cálice de amarelo a verde, vináceo para a base, corola creme a amarela, corona verde-clara e apêndice do ginostégio creme, rosado no ápice (Farinaccio, 2002; 2004). Ocorrência no Cerrado (Koch et al., 2013), em solos úmidos, nas bordas de Capões (Farinaccio, 2004).

Reprodução

Coletada com flores e frutos em julho, setembro e outubro (Rapini et al., 2009).

Ameaças

1.3 Tourism & recreation areas
Incidência local
Severidade low
Detalhes O desenvolvimento de atividades turísticas de forma desordenada é uma ameaça existente no Parque Nacional da Serra da Canastra (MMA/ICMBio, 2005).

8.1.1 Unspecified species
Incidência local
Severidade high
Detalhes O Plano de Manejo do Parque Nacional da Serra da Canastra aponta a presença de espécies de animais e plantas exóticas como um conflito existente na região (MMA/ICMBio, 2005).

7.1.1 Increase in fire frequency/intensity
Incidência regional
Severidade high
Detalhes A maior parte das causas de incêndios na região do Parque são de origem antrópica, apesar de grande número de incêndios serem causados por raios (MMA/ICMBio, 2005).

3.2 Mining & quarrying
Incidência local
Severidade medium
Detalhes O Plano de Manejo do Parque Nacional da Serra da Canastra aponta a exploração de minério, como quartzito, caulim e diamante, como outro problema existente na região (MMA/ICMBio, 2005).

2.2 Wood & pulp plantations
Incidência local
Severidade high
Detalhes O plantio de Pinus é um conflito existente na região do Parque Nacional da Serra da Canastra (MMA/ICMBio, 2005).

2.3.4 Scale Unknown/Unrecorded
Incidência local
Severidade high
Detalhes A pecuária é um dos problemas existentes nas proximidades do Parque Nacional da Serra da Canastra (MMA/ICMBio, 2005).

2.1.4 Scale Unknown/Unrecorded
Incidência local
Severidade high
Detalhes A agricultura é uma das atividades conflitantes existentes na região do Parque Nacional da Serra da Canastra (MMA/ICMBio, 2005).

Ações de conservação

1.1 Site/area protection
Situação: on going
Observações: A espécie ocorre no interior do Parque Nacional da Serra da Canastra.

Referências

- KOCH, I.; RAPINI, A.; KINOSHITA, L.S.; SIMÕES, A.O.; SPINA, A.P. 2013. Apocynaceae in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. (http://floradobrasil.jbrj.gov.br/jabot/floradobrasil/FB26640)

- FARINACCIO, M.A. Two new species of Oxypetalum (Asclepiadoideae, Apocynaceae) from Brazil Fonte: Novon [1055-3177] vol: 12, issue:4, pg:446 -450. 2002.

Como citar

CNCFlora. Oxypetalum helios in Lista Vermelha da flora brasileira versão 2012.2 Centro Nacional de Conservação da Flora. Disponível em <http://cncflora.jbrj.gov.br/portal/pt-br/profile/Oxypetalum helios>. Acesso em .


Última edição por Lucas Moulton em 19/11/2014 - 12:24:30